Slackware Linux 14.1 lançada! Novembro, 2013.

Slackware logo

Depois de um pouco mais de um ano de desenvolvimento, incluindo a disponibilização da versão beta, e várias versões candidatas, até que tudo fosse polido corretamente, foi anunciada a disponibilidade de uma nova versão estável da distribuição Slackware Linux.

Instalando a versão 14.1 você terá, a sua disposição, diversas atualizações ao longo de todo o sistema, as versões mais recentes de compiladores e ferramentas de desenvolvimento, além de versões recentes de aplicações, gerenciadores de janelas, ambientes desktop e utilitários.

Como mencionado anteriormente o Kernel Linux disponibilizado é o de versão 3.10.17, parte da série 3.10.x que receberá suporte de longo período por parte dos desenvolvedores. A versão x86_64 também adiciona o suporte a instalação e inicialização em sistemas executando o firmware UEFI.

Para uma lista completa contendo as atualizações disponibilizadas nesta versão mais recente, acesse o changelog na página oficial do projeto, assim como poderá realizar o download da imagem .ISO, referente à arquitetura de seu sistema, a partir da mesma fonte. Divirta-se!

Tails 0.21 disponível! Novembro, 2013.

tails-logo

A distribuição Tails disponibilizou sua mais recente atualização, passando agora para a versão 0.21. Baseada na Debian Linux, esta distribuição foi desenhada com o objetivo de permitir a navegação anônima na Internet, através da sua integração com as tecnologias do projeto Tor.

É recomendado a todos os usuários de versões anteriores desta distribuição, que façam a atualização para a versão mais atual, pois esta disponibiliza diversas correções para problemas de segurança. Algumas das modificações mais notáveis incluem: não permitir permitir o acesso dos usuários comuns à porta de controle Tor, não permitir que este modifique de modo direto as configurações persistentes, instala o Iceweasel 17.0.10esr com correções do browser Tor, preferência por cifragem mais seguras quando encriptando dados com o GnuPG, entre outras.

Para uma lista mais completa das modificações implementadas, acesse o anúncio oficial na página do projeto.

Valve mostra protótipo da plataforma de jogos Steam

Após anunciar recentemente as especificações de hardware presentes em sua plataforma de jogos, a Valve apresenta agora um protótipo deste equipamento, o que vem a demonstrar o quanto este projeto está sendo levado a sério e o quão próximo ele deve ser implementado no mercado, acirrando ainda mais a disputa pela preferência dos consumidores de jogos por um dos consoles de entretenimento disponíveis.

O sistema foi desenhado como uma referência e não deve ser esta a versão final que deve ser lançada para o consumo, porém já nos dá uma boa percepção do que a empresa pretende oferecer como produto.

SteamMachineO modelo conceito foi concebido com um processador Intel Core i7, placa de vídeo GeForce GTX 780, fonte, placa-mãe, disco rígido, tudo isso em um case relativamente pequeno, e com sistema de refrigeração um pouco diferente.

A Steam Machine da Valve vem com uma divisão de zonas de resfriamento em três partes, a placa gráfica ventila para a parte de trás, o processador para cima e a fonte pela lateral. Cada zona também puxa o ar de diferentes áreas, o que deve ajudar a resfriar o console de maneira razoável.

SteamMachine1O SteamOS, sistema operacional baseado no kernel Linux, e que virá pré-instalado em cada console Steam Machine, tem uma aparência muito similar ao modo de tela cheia do Steam, e é dito que tem funcionado bem.

As versões finais do console devem ser disponibilizadas para consumo em meados do meio do próximo ano, e devem vir em diferentes configurações e valores. Vamos acompanhar de perto, e esperar que estes valores não causem tanto descontentamento quanto foi sentido pelos gamers de plantão, ao saberem do valor final do esperado Playstation 4 aqui no Brasil.

Mais detalhes podem ser vistos no artigo original, postado em inglês no site Techspot.