Sim! Gnome no Slackware!

Como devem saber o gerenciador de janelas Gnome foi retirado oficialmente do Slackware Linux desde a versão 10.2, lançada em 2005. Isso ocorreu pois na época o Sr. Patrick, criador e líder do projeto Slackware, alegou que dois terços do tempo para a compilação de uma nova versão da distribuição eram gastos com os pacotes do Gnome. Desde então alguns projetos trabalham para colocá-lo de volta no desktop dos usuários do Slackware, sempre com as últimas atualizações que acompanham o Gnome original. Projetos como o GSB, desenvolvido pela equipe oficial do Gnome, o lusitano Gware e o Dropline Gnome. Dentre estes escolhi e instalei recentemente o Dropline. E gostei do que ví. 🙂

A comunidade formada em torno dele é muito organizada, o que resultou em conjunto de pacotes que se integram perfeitamente à distribuição. Acessando o site do projeto você só precisa baixar um instalador, que será o responsável por fazer o download dos pacotes necessários à instalação e configuração completa dele em seu sistema, sem a necessidade de nenhuma interferência além de selecionar o tipo da instalação, se completa, mínima ou personalizada. Após a seleção do tipo de instalação desejada o programa baixa, através da internet, os pacotes referentes a ela para um diretório temporário. Depois de baixados eles são instalados e configurados por ele, que já habilita o GDM como gerenciador gráfico de sessões.

Todo o processo é bem tranquilo, embora um pouco demorado, e o resultado é compensador. Não notei diferença na velocidade de execução entre ele e o KDE, embora muitos dissessem que ele seria mais lento. Ao acessá-lo já temos à nossa disposição a ampla variedade de programas por ele disponibilizados, como o famoso Evolution. Também temos uma aplicação que é carregada a cada execução, chamada Alerta Atualização Dropline, que busca por atualizações disponíveis para os programas instalados. Tudo em bom português brasileiro, selecionado entre várias outras línguas disponíveis.

O instalador também possui outras funções como atualizar o Dropline para uma versão mais recente, caso esta já esteja disponível, desinstalá-lo de seu sistema se assim o desejar, baixar pacotes sem os instalar ou somente ver as atualizações disponíveis, tudo de maneira automatizada como no processo de instalação.

Embora ainda prefira o KDE, devido ao número maior de opções personalizáveis na área de trabalho, testei e aprovei! Bem atrativo, e como prometem não intrusivo, o Dropline é uma boa opção para o retorno do Gnome aos desktops dos usuários de Slackware.

4 opiniões sobre “Sim! Gnome no Slackware!

  1. Cara … eu tava mesmo procurando um tuto sobre isntalar o gnome no slackware.

    preciso tambem instalar o openvpn , aMSN, Firefox, Thuderbird, Openoffice, Realplayer

    na verdade estou montando uma distro personalizada para um projeto de automacao.

    esses pacotes que eu preciso instalar, funcionao redondinho no gnome ?

  2. Olá Alexandre!Dos softwares que relacionou, o único que ainda não testei foi o Openvpn, o restante deles funciona bem. Porém recomendo que acesse este outro post, mais recente, aqui no blog:

    https://caminhandolivre.wordpress.com/2008/07/08/gnome-slackbuild-versao-liberada-para-o-slackware/

    Esta é a versão do GNOME para o Slackware, que é desenvolvida pela mesma equipe do projeto original, que trás a penúltima versão do GNOME. Eles já estão trabalhando para disponibilizar a última versão, enquanto os desenvolvedores do Dropline não demonstram atividade já há algum tempo.

    Depois de instalado conforme o post citado acima, basta selecionar a língua portuguesa no gerenciador de login GDM, que passa a ser o default depois da instalação, para que o GNOME Slackbuild fique em português.

    Abraços!

  3. Pingback: Dropline GNOME lança versão 2.24.1 beta « Caminhando Livre

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s