Slackware Linux com nova logo e KDE 4

É isso mesmo que você leu! O Slackware Linux virá com nova logomarca e KDE da série 4.x em sua nova versão. Essas são duas mudanças importantíssimas anunciadas ontem no site oficial da distribuição. Já foram disponibilizados, na árvore do current, diretório testing, os pacotes em formato TGZ do KDE 4.1, além da nova logomarca, que você também confere no topo deste post.

Embora não estejam em suas versões estáveis, aqueles(as) que não conseguem esperar pela nova versão já podem contar com pacotes que estão em estágio de desenvolvimento na árvore oficial do que será a próxima versão do Slackware.

A mudança na logo pode ser considerada um marco na história da distribuição, que há anos tinha a mesma aparência. Também estão disponíveis, em um site americano, vários tipos de camisetas trazendo a nova logomarca. Ao adquirí-las, os(as) consumidores(as) ajudam com a continuidade do projeto.

Para maiores informações sobre as recentes mudanças na distribuição, acessem o site oficial.

18 opiniões sobre “Slackware Linux com nova logo e KDE 4

  1. Olha… isso é realmente uma evolução.
    O slackware sempre se manteve na defensiva quando a palavra ela ousadia.
    A mudança do logotipo, bem como o uso do kde 4.0 mostra, a meu ver, uma certa mudança na forma de pensar por parte da equipe do slackware, que provavelmente perdeu muito terreno depois do boom das distribuições voltadas ao usuário final, como fedora e ubuntu.
    Parabéns pela notícia.

  2. Olá Jeferson! Concordo com você! O Patrick tem como prioridade a estabilidade e simplicidade da distribuição, portanto mudanças como essa podem indicar uma maior aceitação com relação aos anseios dos(as) usuários(as). Com isso oferecer um ar mais moderno, tanto à logomarca quanto ao desktop com KDE da série 4.x.

  3. Pingback: Slackware Linux com novo logo e KDE 4 | Abiyaa

  4. O KDE4 foi incluido no /testing do slackware-current, ou seja, não está sendo utilizado na distro como wm padrão, ele apenas indica que existe um pacote oficial para a distro. Quando do lançamento da próxima versão do Slackware, e após testes, se o KDE4 se mostrar estável o bastante ele pode ser incluído no /kde substituindo o KDE3 (este ainda é o padrão).

    O Slackware não mudou sua filosofia, que com certeza não tem nada a ver com agradar o usuário final ou usuário leigo/iniciante. A proposta do Slackware é completamente diferente e ele não “concorre” com distros como Ubuntu (não é uma crítica, apenas um fato, cada um com seu público).

  5. Olá Antônio! Reproduzo um comentário que fiz na postagem desta notícia no BR-Linux:

    “Olá pessoal! Acredito que alguns aqui estão esquecendo de que o Slackware, distribuição mais antiga do planeta ainda em desenvolvimento, completou 15 anos no mês passado, portanto era de se esperar alguma mudança, e a nova logomarca foi encomendada a uma empresa de design. Claro que alguns podem discordar, mas achei a mudança importante, visto que o Patrick não costuma “mexer em time que está ganhando”.

    O KDE da série 4.x, embora esteja no diretório /testing, poderá ser incluído em definitivo. Tudo vai depender de sua estabilidade no momento do lançamento do próximo Slackware e, pelo que foi anunciado no post do site oficial, ele tem sido testado sem problemas em uma máquina. Mas ainda é cedo para especulações.

    Quanto à reclamação de alguns com relação à falta de novidades na distro, acredito que seja por falta de conhecimento da filosofia da mesma. O Patrick sempre primou pela estabilidade e simplicidade, portanto acredito que enquanto o projeto estiver sendo conduzido por ele isso não deva mudar.”

    Como pode ver, o que disse também é válido.🙂

  6. Em breve o Slackware morrera!
    O Slackware nao passa de um velhinho correndo uma maratona contra Ubuntu, openSuse, Fedora, ArchLinux, dentre outros competidores peparados para uma nova era!

    :p minha opinião!

  7. Olá Diego! Muita gente falou isso ao longo desses 15 anos de existência do Slackware, e se decepcionaram a cada nova versão lançada. Pensavam isso devido à lenda de que ela não era uma distribuição para qualquer um, o que tem se provado ser um erro pois, qualquer um com um mínimo de vontade de aprender pode operá-lo facilmente.

    Como usuário de Slackware há apenas 3 anos, acredito sinceramente que você também esteja enganado, afinal há espaço para todos, e a sua longevidade somadas à forte comunidade formada ao redor, além das várias distribuições dele derivadas, só contribuem para o seu crescimento.🙂

  8. Finalmente, uma mudança “ousada”.

    Agora só falta uma versão oficial para 64-bit (nativo ou retrocompatível) e algum gerenciador de pacotes que cheque as dependências.

  9. O Slackware não é pra quem quer é pra quem pode!!!! Não acredito na aposentadoria do Slack de maneira nenhuma. Tenho plena confiança na distribuição q em breve vai ser lançada. Sempre surpreende!!!! Slacklife pessoal…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s