Comix, software livre para fãs de quadrinhos

Como bom viciado em revistas em quadrinhos, não podia deixar de buscar um software que proporcionasse a leitura de minhas HQ’s no GNU/Linux. E para minha sorte, o pessoal que desenvolve softwares livres não nos esqueceu. Buscando opções de softwares com essa finalidade, encontrei o Comix. Este programa permite a leitura de histórias em quadrinhos como se estivessemos com elas em mãos, possibilitando inclusive a leitura de arquivos compactados com as imagens, como no formato RAR ou ZIP por exemplo.

comix03

Um modo fácil de instalá-lo no Slackware é primeiramente instalando as suas dependências, que no caso são duas: o descompactador Unrar e a Biblioteca de Processamento de Imagens Python ( PIL ). Para tanto, utilizei dois sites que são verdadeiros canivetes suiços para os(as) usuários(as) do Slackware Linux: o LinuxPackages e o Slackbuilds.org. Esses sites disponibilizam uma infinidade de programas que não vem por “default” numa instalação do Slackware, como pacotes pré-compilados no primeiro e com scripts de instalação no segundo site. Aliás eu os utilizo com frequência, quase sempre optando por buscar os scripts de instalação do Slackbuilds.org, pois ele já realiza a compilação de modo simples em minha máquina. De qualquer forma vou mostrar como fiz aqui, o que acaba mostrando como instalar pelas duas formas.

Primeiro instalei o Unrar, pois já dispunha do pacote pré-compilado baixado do site LinuxPackages. Caso não o tenha e queira baixar a versão mais recente no site é muito simples, basta acessá-lo e digitar na caixa de buscas, por ele disponibilizada, o nome do programa que deseja, escolhendo também a versão do Slackware para a qual deseja o pacote. Em nosso caso, basta digitar Unrar, escolher a versão de seu Slack e mandar procurar. Tão logo seja localizado basta escolher baixá-lo, selecionando entre os servidores disponíveis. Após o download, basta instalá-lo normalmente com o comando ” # installpkg nomedoprograma ” e pronto, já estará instalado.

No caso do Unrar, tão logo seja instalado ele já estará pronto para uso, porém em alguns casos os programas instalados desta forma não dipõem de suas dependências para que funcionem, e quando os mandamos executar não obtemos resposta. Daí a minha atual preferência pelos scripts de instalação desenvolvidos pela equipe do projeto Slackbuilds.org, que já nos avisam sobre a ocorrência de dependências quando de sua execução, caso dêem por falta de algum software que seja pré-requesito para o funcionamento do programa que está instalando.

O site é organizado em seções, como Desktop, Acessibilidade, Desenvolvimento, etc. Para facilitar, acessem-no e baixem os seguintes arquivos:

comix.tar.gz ( script de instalação do Comix);
comix-3.6.4.tar.gz ( código-fonte do Comix, disponível através do Slackbuilds.org no momento em que escrevo este artigo );
pil.tar.gz ( script de instalação da Python Imaging Library );
Imaging-1.1.6.tar.gz ( código-fonte da biblioteca Python, disponível através do Slackbuilds.org no momento em que escrevo este artigo ).

Vamos usar primeiro os dois últimos. Abram um terminal, mudem para o diretório onde estão os arquivos baixados se este não for o atual, e nele descompactem o script da biblioteca, preferencialmente com a conta de administrador:

# tar -xvzf pil.tar.gz

Em seguida, mova o arquivo com o código-fonte da biblioteca para o interior do diretório criado após a descompactação do script:

# mv Imaging-1.1.6.tar.gz pil

Acesse o diretório para onde moveu o código-fonte:

# cd pil

Agora é só mandar executar o script de instalação:

# ./pil.Slackbuild

Com isso o próprio scrript se encarrega de descompactar o código-fonte, realizar a configuração do software, a compilação e a criação do pacote TGZ, movendo-o para o diretório temporário do sistema, que é o /tmp. Para instalá-lo, basta utilizar novamente o comando de instalação de pacotes do Slackware, que deverá ser algo parecido com:

# installpkg /tmp/pil-1.1.6-i486-1_SBo.tgz ( como ficou o nome do pacote depois de compilado em minha máquina )

O nome do pacote criado pode não ficar exatamente como este após a compilação em seu sistema, portanto verifique como ele ficou com o término da compilação em sua máquina digitando o comando acima até onde está escrito pil e então pressione a tecla [TAB] em seu teclado, isso fará que o nome do arquivo seja completado automaticamente. Assim:

# installpkg /tmp/pil[TAB]

Agora que as duas dependências já foram satisfeitas, podemos finalmente instalar o Comix. Como já havíamos baixado também seu script e código-fonte através do Slackbuilds.org, basta executar o mesmo procedimento utilizado para instalar a biblioteca Python, sempre como administrador:

# tar -xvzf comix.tar.gz
# mv comix-3.6.4.tar.gz comix
# cd comix
# ./comix.Slackbuild
# installpkg /tmp/comix-3.6.4-noarch-1_SBo.tgz ( nome do pacote criado em minha máquina )
ou
# installpkg /tmp/comix[TAB]

comix02

Assim finalmente terá o Comix instalado e disponível para uso em seu Slackware, podendo você então ler as edições escaneadas de sua coleção, ou as de seus(uas) amigos(as), podendo tê-las à mão para leitura sem ter que desorganizar a sua coleção ou carregar toneladas de HQ’s para onde for, bastando levar seus arquivos em um computador portátil com o Comix instalado. Ele trás vários modos de leitura como página única, dupla página, zoom, etc. Abraços e boa leitura!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s