Linux Certification Virtual Summit – 17 a 23 de outubro, 2016

Certificado

Um ciclo de palestras virtuais sobre certificações Linux será realizado entre os dias 17 e 23 de outubro. Durante o Linux Certification Virtual Summit, diversos profissionais estarão compartilhando seus conhecimentos, falando sobre o que fazer, e como fazer, para obter a sua certificação em administração de sistemas GNU/Linux, comentando e oferecendo dicas para os exames das principais fornecedoras disponíveis no mercado. As inscrições são gratuitas.

A abertura será realizada por John “Maddog” Hall, que falará sobre a importância de se aprender sobre os sistemas GNU/Linux e o impacto que causam no mundo atual. Nos dias seguintes teremos palestras falando sobre as certificações Linux+ da CompTIA, Linux Essencials da Linux Foundation, LPIC do Linux Professional Institute, além das certificações RHCSA e RHCE da Red Hat Inc. Segue abaixo a programação:

Dia 17

Mastering CompTIA Linux+ – Jason Eckert focará nos objetivos de exame CompTIA Linux+ 104, onde detalhará o que você precisa saber a respeito de shell scripting, gerenciamento de dados, interfaces com o usuário e tarefas administrativas.

Mastering CompTIA Linux+ – Jesse Varsalone discutirá sobre fóruns online, comandos que você precisa saber para ser aprovado nos exames e a importância de se conhecer os sistemas GNU/Linux no mundo da segurança cibernética.

Dia 18

Linux Essencials – Sirko Kemter discutirá seu envolvimento no projeto Fedora, além dos comandos e conceitos necessários para ser aprovado no exame Linux Essencials.

Dia 19

LPIC – 1 Certified Linux Administrator – David Morgan discutirá a respeito da certificação do Linux Professional Institute, oferecendo técnicas para ser aprovado nos exames 101 e 102.

Dia 20

LPIC – 2 Certified Linux Engineer – Andrew Mallet focará no exame LPIC – 2 201 onde falará sobre os comandos que deve se conhecer sobre o kernel Linux, inicialização de sistema, além de dispositivos e sistemas de arquivos.

LPIC – 2 Certified Linux Engineer -Mark Clarke falará sobre os passos que seguiu para obter a certificação LPIC – 2 e também sobre a companhia Jumping Bean.

Dia 21

LPIC – 3 Linux Enterprise Professional 303 Security Exam – Bruno Guerreiro Diniz oferecerá dicas sobre como ser aprovado no exame 303-200, incluindo tópicos como criptografia, segurança de hosts, controle de acesso, e segurança de redes.

LPIC – 3 Mixed Environment Certification – Glaysson Barboza falará sobre como foi aprovado no exame e trará dicas que você poderá usar para também ser aprovado.

Dia 22

Red Hat Certified Systems Administrator – Tyrone Terrence McKinney lhe mostrará de forma prática as habilidades necessárias para ser aprovado no exame. Nesta sessão ele focrá no entendimento e uso de ferramentas essenciais, execução de sistemas e configuração de storages locais.

Red Hat Certified Systems Administrator – Asghar Ghori revelará os comandos mandatórios para ser aprovado no exame RHCSA. Ele também explorará as formas de se implantar, configurar e manter sistemas, além das habilidades para criar e configurar sistemas de arquivos.

Dia 23

Red Hat Certified Engineer – Sander Van Vugt’s manterá a discussão centrada nos comandos para a configuração e gerenciamento de sistemas, incluindo a configuração de endereços IPv6, firewalls e roteadores.

Red Hat Certified Engineer -Devin Acosta’s focará na instalação, configuração e troubleshooting de serviços de rede, além de informações sobre como se tornar um arquiteto certificado Red Hat.

Para se increver, basta acessar o link para a página oficial do evento.

Novos exames Linux Essencials, LPIC – 1 e LPIC – 304, em breve

LPI-Logo

O Linux Professional Institute anunciou está finalizando as modificações que serão implementadas nos futuros exames para a obtenção das certificações Linux Essencials, LPIC – 1 e LPIC – 304, e pela primeira vez estará disponibilizando aos candidatos a escolha entre a nova e antiga versão, de cada um dos exames que receberão essas modificações, por um período de seis meses após o lançamento das novas versões. Isso possibilitará, àqueles que já estejam se preparando com os materiais disponíveis atualmente, ou que pretendam iniciar a preparação a curto prazo, tanto o aproveitamento do progresso já realizado quanto do material já adquirido para o preparo.

Além disso, mesmo que as versões atuais venham a ser removidas ainda este ano, com datas previstas até o dia 30 de setembro, elas sofrerão modificações quanto a nomenclatura, seguindo o modelo adotado para as novas versões, facilitando a escolha de qual realizar, no momento de agendá-las. Os nomes para os exames serão modificados dessa forma:

LPIC – 1 exame 101

Antigo nome do exame, em sua versão 3.5: 117 – 101;

Novo nome do exame, em sua versão 3.5: 101 – 350;

Novo nome do exame 101, em sua versão 4.0: 101 – 400 ( lançada em 10 fevereiro de 2015 );

LPIC – 1 exame 102

Antigo nome do exame, em sua versão 3.5: 117 – 102;

Novo nome do exame, em sua versão 3.5: 102 – 350;

Novo nome do exame 102, em sua versão 4.0: 102 – 400 ( lançada em 10 fevereiro de 2015 );

LPIC – 3 exame 304

Antigo nome do exame, em sua versão 1.5: 117 – 304;

Novo nome do exame, em sua versão 2.0: 102 – 350;

Novo nome do exame 304, em sua versão 4.0: 102 – 400 ( lançada em 17 de fevereiro de 2015 );

Linux Essencials

Antigo nome do exame, em sua versão 1.0: 117 – 010;

Novo nome do exame, em sua versão 1.0: 010 – 100;

Novo nome do exame 304, em sua versão 4.0: 010 – 150 ( lançamento em março de 2015);

Todos os códigos promocionais, vouchers de desconto e vouchers pré-pagos serão atualizados para permitir os novos nomes, e todos aqueles que já tenham marcado suas provas com as nomenclaturas antigas poderão realizá-las normalmente, pois seus registros estarão ativos.

Todos os outros exames manterão suas numerações e nomenclatura atuais, até que uma atualização esteja disponível também para elas.

Para uma lista completa das mudanças a serem aplicadas nas novas versões, acesse o anúncio oficial no blog da LPI, em sua página oficial.

Dez dicas de estudos para profissionais de Tecnologia da Informação

Studying-book

Quando me deparei com essa seleção de dicas de estudos, publicadas no blog HowToNetwork.com, percebi que tinha de compartilhá-las aqui também, já que hoje em dia existem mais e mais pessoas se dedicando aos estudos, com a intenção de obter alguma certificação profissional na área de TI, e como vi que serão úteis, inclusive no meu caso, aqui vão elas:

1 – Imprima o Syllabus: Este é o programa de estudos, ou os objetivos, tópicos, que serão cobrados durante a realização da prova. Imprima-o para que tenha uma idéia melhor sobre aquilo que você terá de enfrentar. Imprima-o e então transfira-o para uma planilha, definindo na mesma quais tópicos são apenas teoria, quais dependem de prática e quais necessitam de ambos.

2 – Escreva seu plano de estudos: Quais assuntos você vai estudar a cada dia? Quando você vai revisá-los? Quais os períodos de tempo vai separar para laboratórios práticos e simulados? Marque cada sessão realizada para que acompanhe o seu progresso.

3 – Obtenha suas ferramentas: Consiga seu leitor de PDF’s, tablet ou os livros impressos. Assine sites com informações  para membros. Baixe aplicativos de teste e compre equipamento para seu laboratório pessoal. Outra coisa, mantenha sua área de estudos a parte para que consiga estudar em paz.

4 – Construa seu quadro dos sonhos: Você deve ter uma forte razão para estudar ou vai desistir no primeiro obstáculo. Quem se beneficiará com seu sucesso? O que significa para você passar nesse exame?

5 – Ataque seu cérebro: Use múltiplos métodos para absorver as informações, redirecione todo o conteúdo, utilize recursos em áudio, vídeo, laboratórios práticos, escreva notas.

6 – Escreva um mini manual: Todos os pontos de aprendizado devem ser anotados em seu próprio livro de estudos. Carregue-o com você o tempo todo. Escreva notas sobre livros, vídeos, laboratórios práticos e simulados. Este é um importante passo do qual 99% dos estudantes não se utilizam. A não ser que você escreva, a informação não vai “colar” no seu cérebro. Só ler não é suficiente.

7 – Elimine tópicos: Utilize o programa de estudos em sua planilha para avaliar o quanto você entente cada um dos tópicos, em uma escala de 1 a 10. Trabalhe em cada uma dos pontos fracos até que não reste nenhum. Não trabalhe nos pontos fortes a não ser que seja uma revisão.

8 – Tenha disciplina: A diferença entre vencedores e perdedores é que os primeiros fazer de seus objetivos uma prioridade, e não inventam desculpas. Os perdedores estudam apenas se eles tem tempo, o que nunca acontece porque algo sempre acontece. Você tem que estudar todos os dias, durante 30 dias, para formar um novo hábito.

9 – Realize simulados: A maioria das pessoas utilizam simulados como a ferramenta final da preparação. Este é um engano. Comece a realizar simulados desde o começo e utilize-os para detectar os pontos fracos de seu conhecimento. Não realize o exame real antes de continuamente atingir 95% de aproveitamento todas as vezes que realizar os simulados.

10 – Siga em frente: Uma carreira em TI significa aprendizado continuo e atualização de habilidades. Tire um pequeno tempo para descanso após a realização com sucesso de um exame, celebre a conquista e então inicie os trabalhos para uma nova certificação.

Abraços!