Zentyal Server 4.0, servidor Linux para pequenas empresas

Zentyal_logo

A versão mais recente da distribuição Zentyal Server é baseada na Ubuntu Server 14.04 LTS, e pode ser configurada como servidor de diretórios, controlador de domínios, servidor de e-mails, gerenciador unificado de ameaças ( UTM ), servidor unificado de comunicações, ou uma combinação deles, foi liberado no final do mês passado com muitas melhorias, console de gerenciamento web melhor e mais fácil, correções para falhas encontradas e encontra-se disponível para download nas versões Community Edition ou Commercial Edition.

A maior mudança, e que é muito importante especificamente nesta versão, é o fato de que os desenvolvedores estão agora baseando a nova versão do Zentyal Server no Ubuntu Server 14.04. Disponível em duas versões: a Zentyal Community Edition é ótima para uso pessoal, além de permitir o aprendizado da configuração e funcionamento dos recursos servidores, porém, se você precisa de mais funcionalidades, poderá adquirir licenças para a Zentyal Commercial Edition.

De acordo com o anúncio oficial, “A Zentyal Server 4.0 foca em prover uma edição para servidor estável e melhorada, com implementação nativa do protocolo Exchange da Microsoft, além de interoperabilidade com o Active Directory, com o objetivo de prover um servidor para pequenas empresas completo e fácil de usar, com suporte nativo a ambientes mistos de TI que incluem clientes Windows, Linux e Mac OS, assim como dispositivos móveis que possuam ActiveSync. Graças a isso, a Zentyal server 4.0 oferece compatibilidade completa com o Microsoft Outlook sem a necessidade de plugins ou conectores”.

Para uma lista completa das funcionalidades da Zentyal Server, acessem este link.

Anúncios

Maiores empresas do mundo estão ampliando seus investimentos em GNU/Linux

empresas

Anualmente a Linux Foundation realiza uma pesquisa onde companhias de várias partes do mundo, com vendas superiores a quinhentos milhões de dólares e/ou com mais de quinhentos funcionários em suas folhas de pagamento, e como um dos resultados mais chamativos, descobriu que essas empresas estão ampliando seus investimentos em GNU/Linux pelo terceiro ano consecutivo.

Enquanto as receitas dedicadas à área de servidores cresce apenas 3,1% ano-a-ano, os investimentos em GNU/Linux cresceram 12,7% apenas no trimestre. O crescimento relativo ao Windows foi de 3,2% enquanto que sistemas Unix apresentaram queda de 24,1%.

Outras informações importantes são relativas à área de computação em nuvem, onde 76% das empresas que responderam à pesquisa afirmaram que utilizam GNU/Linux para esta finalidade, enquanto que 74% planejam manter ou aumentar a sua utilização para futuras iniciativas ligadas a nuvem.

Dentre as companhias pesquisadas, 80% afirmaram que planejam aumentar a utilização de GNU/Linux em seus servidores nos próximos cinco anos, o que gera uma perspectiva animadora para quem possuir habilidades no gerenciamento destes sistemas operacionais, garantindo que a demanda por esses profissionais deve continuar em alta durante este período.

Para ter acesso ao relatório completo, gerado a partir da pesquisa, basta acessar a página da Linux Foundation e preencher os dados solicitados, liberando assim o link para o download.

CentOS 6.4 lançada! Março, 2013.

centos

Foi oficialmente disponibilizado hoje o download das mídias de instalação da Community Enterprise Operating System em sua versão 6.4. Esta distribuição, voltada para o uso principalmente em empresas, é uma versão baseada nos pacotes oficiais da Red Hat Enterprise Linux, tendo apenas as partes proprietárias removidas, tais como logomarcas, entre outras.

A versão 6.4 da distribuição CentOS segue as atualizações recentes aplicadas à distribuição da qual é derivada, podendo-se destacar:

– A inclusão dos drivers para o Microsoft Hyper-V, permitindo que se obtenha maior eficiência quando da instalação da CentOS em um servidor Microsoft Hyper-V;

– Atualização das bibliotecas do Samba 4 para a versão mais recente, permitindo uma maior interoperabilidade com domínios do Active Directory. Se você tem a versão 6.3 instalada, com o Samba em uso, tenha certeza de desinstalar o pacote samba4 para evitar conflitos durante a atualização.

Além da utilização como sistema operacional em empresas, esta distribuição também pode ser usada como base para aqueles(as) que desejam estudar para as certificações da Red Hat, obtendo-se respostas idênticas aos comandos realizados, como se fossem na Red Hat Enterprise Linux.

Para maiores detalhes quanto as modificações implementadas, inclusive quanto a pacotes removidos e substituídos, acessem a página com o anúncio oficial de lançamento da versão 6.4 da CentOS Linux.