Parrot Security 3.2 lançada! Outubro, 2016.

parrot-security-3-2

A Parrot Security é uma distribuição desenvolvida para a realização de testes de penetração em sistemas na nuvem e dispositivos da geração IoT (Internet das Coisas). É baseada na distribuição Debian Gnu/Linux  versão 9, e inclui um laboratório completo para especialistas em segurança e forense digital, mas também disponibilizando ferramentas para o desenvolvimento de seus próprios softwares, ou proteger a privacidade com ferramentas de criptografia e anonimidade.

A edição 3.2 da distribuição trás uma versão customizada do kernel Linux 4.7.5, com vários patches para suportar uma grande variedade de hardware, e ambiente gráfico baseado no MATE Desktop Environment 1.16 na versão full da distribuição, que também conta com versões Live, que trás o LXDE como ambiente gráfico, em 32 bits apenas, além da Parrot Cloud Edition, Lite Edition e Studio, todas em 64 bits.

Como pode ser visto pela imagem que mostra um de seus menus, a distribuição disponibiliza diversas ferramentas para a coleta de informações, análise de vulnerabilidades, análise de aplicações web, ferramentas de exploração de vulnerabilidades, entre outras.

Para a instalação da distribuição é recomendado um equipamento com pelo menos 256 Mb de RAM, sendo 2 Gb o recomendado, um processador dual-core com no mínimo 1 Ghz de clock e 16 Gb de espaço em disco.

Para escolher a sua versão e realizar o download, acesse a página oficial da distribuição.

Anúncios

DEFT Linux 7.2 lançada! Outubro, 2012.

Sendo de produção cem por cento italiana, esta distribuição GNU/Linux é baseada na distribuição Ubuntu Linux, e tem como objetivo oferecer um ambiente que disponibilize ferramentas para tarefas de perícia forense computacional, resposta a incidentes e cyber inteligência. A DEFT Linux possui uma abordagem diferente por utilizar o Wine para a execução de ferramentas desenvolvidas para o ambiente Windows, LXDE como ambiente gráfico padrão e o mount manager como gerenciador de dispositivos.

Segundo o anúncio oficial, a versão 7.2 será a última DEFT Linux para ambientes 32bits, sendo as próximas versões desenvolvidas exclusivamente para ambientes de 64bits, porém está versão terá suporte a correções de erros até o ano de 2020.

Esta versão oferece suporte a virtual appliances baseadas no VMWare 5 com suporte a USB 3, Kernel Linux 3.0, Autopsy 3 beta 5 ( usando Wine, e portanto requerendo no mínimo 1 Gb de RAM ), Log2timeline 0.65, Guymager 0.6.12, entre outras ferramentas.

Para maiores informações, visualizem o anúncio oficial completo da liberação na página do projeto.

Ubuntu, Ubuntu Studio, Edubuntu, Lubuntu, Xubuntu e Kubuntu 12.10 lançadas! Outubro, 2012.

A Canonical liberou novas versões de sua família de sistemas operacionais GNU/Linux. As edições 12.10 das distribuições Ubuntu, Ubuntu Studio, Edubuntu, Lubuntu, Xubuntu e Kubuntu já estão disponíveis para download.

Entre as mudanças podemos destacar a presença de aplicações voltadas para nuvem e um Unity desktop atualizado na Ubuntu Linux, possibilidade de instalação de imagens alternativas, além de um opções avançadas para particionamento de disco na Kubuntu Linux, suporte estendido para dezoito meses, XFCE 4.10 e melhorias na documentação para consulta offline na Xubuntu Linux, mais leve e rápido gerenciador de arquivos PCManFM, Openbox como gerenciador de janelas do LXDE, navegador web Chromium, que é a versão de código aberto do Google Chrome, para a Lubuntu Linux, recomendação para que instituições de ensino que utilizem a Edubuntu linux em larga escala, permaneçam utilizando o suporte de longa duração da versão 12.04 embora a versão 12.10 já esteja disponível para migração, além da atualização dos softwares para tratamento de áudio, vídeo e multimídia em geral na Ubuntu Studio.

Para poder baixar as novas versões, ou consultar em detalhes as modificações implementadas, acesse a página do projeto de seu interesse clicando no nome da distribuição desejada no primeiro parágrafo deste artigo.