Slackware Linux 14.2 – Instalando a LibreOffice 6.1.3!

libreoffice

Como é sabido por aqueles que acompanham a jornada desta distribuição, a Slackware Linux conta com um time de desenvolvedores que, além de contribuírem para a manutenção dos pacotes oficiais da distro, em alguns casos também colaboram disponibilizando aplicações extras, alheias às distribuídas nos DVDs e CDs oficiais.

Entre esses desenvolvedores/colaboradores, um dos mais conhecidos por suas contribuições é o Eric Hameleers, vulgo AlienBob, que mantêm atualizados pacotes como os gerenciadores de janelas KDE e XFCE, pacote Multilib para a compatibilidade com aplicações 32 bits, além de ser o idealizador e mantenedor da Slackware Live Edition, versão live DVD da Slackware Linux, disponibilizada em imagens com diversos ambientes gráficos como MATE, XFCE ou KDE.

Através de seu blog, Alien Pastures, o Eric procura disponibilizar essas aplicações adicionais, bem como compartilhar notícias sobre a Slackware Linux, ou mesmo suas ideias e pensamentos sobre software livre ou assuntos em geral. Entre as aplicações disponibilizadas por ele, para a nossa amada distribuição, encontramos a suíte office LibreOffice.

Embora a Calligra Suite seja o conjunto de aplicativos para escritório distribuído oficialmente, junto à Slackware Linux, a popularidade da LibreOffice fez com que o Eric providenciasse a conversão dos pacotes oficiais para essa distribuição. Originalmente, os pacotes ofertados no site oficial da LibreOffice são apenas para distribuições Debian like, como a Ubuntu e suas variantes, ou Red Hat like, como a CentOS, além de instaladores para ambientes proprietários em Windows ou MacOS.

A aplicação já foi liberada em sua versão 6.1.4, porém o próprio site oficial da mesma não recomenda a sua utilização em ambientes de produção, por ser uma versão voltada para entusiastas de tecnologia, ou usuários avançados, que ajudam em seu desenvolvimento.

O Eric liberou recentemente os pacotes de instalação da versão 6.1.3, tecnicamente mais estáveis que a versão mais recente da aplicação. Para a mais recente versão estável da Slackware Linux (14.2), seguem os links para o download dos pacotes de instalação:

64 bits

LibreOffice 6.1.3 – Pacote principal

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de tradução para o português brasileiro

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de integração com o ambiente KDE

LibreOffice 6.1.3 – Dicionário português brasileiro

32 bits

LibreOffice 6.1.3 – Pacote principal

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de tradução para o português brasileiro

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de integração com o ambiente KDE

LibreOffice 6.1.3 – Dicionário português brasileiro

Também foram disponibilizados pacotes de instalação para as versões 14.1 e -current da Slackware Linux, porém, como acredito que a maioria das pessoas que usam a distribuição, optam por utilizar a mais recente versão estável, disponibilizei os links diretos apenas para a versão 14.2.

Caso utilizem uma das outras duas versões disponíveis, os pacotes para elas podem ser encontrados neste repositório, de onde inclusive foram retirados os links para as versões 14.2 de 32 bits ou 64 bits, postados neste artigo.

Depois de baixados, para realizar a instalação dos pacotes, utilizem uma sessão do terminal, com privilégios de administrador e, a partir do diretório onde estes se encontram, executem o comando “installpkg” seguido do nome do pacote ou, caso estes sejam os únicos pacotes com extensão .txz no local, podem instalar a todos com um único comando: “installpkg .txz“.

Caso já possuam uma versão anterior da LibreOffice em sua Slackware Linux, utilizem então o comando “upgradepkg” seguido do nome do pacote, isso fará com que o pacote instalado anteriormente seja atualizado, removendo em seguida a versão antiga deste.

Outra opção, para aqueles que já dispõem do plugin slackpg+ instalado, e com o repositório do Eric habilitado, é utilizar a ferramenta slackpg para instalar ou atualizar a LibreOffice.

Para tanto, também em um terminal e com privilégios administrativos, utilizem os comandos “slackpkg update“, para atualizar a lista de pacotes junto aos repositórios, “slackpkg install libreoffice“, caso optem por instalar a LibreOffice, sendo necessária a seleção do que não desejam que seja instalado, desmarcando pacotes quando da visualização da lista dos disponíveis, evitando assim a instalação de dicionários e linguagens que não sejam referentes ao português brasileiro, ou ainda “slackpkg update libreoffice“, se desejarem atualizar os pacotes de uma versão previamente instalada.

Neste último caso, como os pacotes a serem instalados já foram selecionados durante a instalação anterior, durante esta atualização o slackpkg não mais mostrará a lista completa de pacotes vinculados à aplicação, atualizando apenas os que já estão instalados no sistema.

Por enquanto é só pessoal. Até a próxima!

 

Anúncios

Atualizações de segurança para o Mozilla Firefox. Dezembro, 2018.

firefox-logo

Seguindo a linha de updates de segurança, a Fundação Mozilla liberou este mês atualizações de versões para o seu navegador Firefox, e com elas várias correções foram aplicadas para mitigar vulnerabilidades de diversas criticidades.

A versão 64 do Firefox oferece correções para as vulnerabilidades:

  • CVE-2018-12406 e CVE-2018-12405, consideradas críticas;
  • CVE-2018-12407, CVE-2018-17466, CVE-2018-18492, CVE-2018-18493 e CVE-2018-18494, consideradas de alto impacto;
  • CVE-2018-18495, CVE-2018-18496, CVE-2018-18497, consideradas de impacto moderado;
  • CVE-2018-18498, considerada de baixo impacto.

Já para a versão 60.4 ESR foram corrigidas as vulnerabilidades:

  • CVE-2018-12405, considerada crítica;
  • CVE-2018-17466, CVE-2018-18492, CVE-2018-18493, CVE-2018-18494, consideradas de alto impacto;
  • CVE-2018-18498, considerada de baixo impacto.

Se você já tem o Firefox instalado, e deseja realizar a atualização de seu navegador, acesse o menu localizado no canto superior direito, opções Ajuda > Sobre o Firefox. O download da nova versão deve ser baixada automaticamente.

Caso queira baixar o navegador open source da Fundação Mozilla, acesse a página oficial de downloads. Há versões para os sistemas operacionais GNU/Linux, Windows ou macOS.

Para obter maiores informações sobre estas, e outras atualizações de segurança, acessem o site oficial do projeto, através deste link (em inglês).

Chrome 71 lançado com novas características de segurança

google-chrome

Uma nova versão do navegador de código aberto Chrome foi lançada pela Google, e traz com ela novas características de segurança. Além de corrigir 43 vulnerabilidades de segurança, a versão 71 deste navegador apresenta funcionalidades que visam proteger os usuários contra propagandas abusivas, áudios indesejados e de toque automático, entre outras.

Os bloqueios de propagandas tem por objetivo impedir a visualização de conteúdo que promovam malwares, tenham áreas de clicks escondidas, falsos ponteiros de mouse, redirecionamentos de páginas não-interativos, phishings, entre outras formas de utilização maliciosa destes anúncios.

Sites com conteúdo que leve a cobranças indevidas também são alvo das melhorias na proteção do navegador. Quando estes sites forem identificados, um alerta será mostrado ao usuário, indicando que este destino pode tentar realizar cobranças indevidas. Páginas que usam esse tipo de artifício geralmente solicitam aos usuários que insiram dados como números de celular, e com isso permitem o acesso a jogos por exemplo. Porém, com isso, os usuários são inscritos em assinaturas das quais tem dificuldades em se livrar.

As versões para desktops GNU/Linux, Windows ou MacOS já estão disponíveis, e podem ser instaladas ou atualizadas através do próprio navegador, acessando o menu configurações > ajuda > Sobre o Google Chrome, e o browser vai verificar automaticamente a existência de novas atualizações. As versões para dispositivos móveis ainda não foram disponibilizadas, mas espera-se que isso seja feito durante as próximas semanas.