Slackware Linux 14.2 – Instalando a LibreOffice 6.1.3!

libreoffice

Como é sabido por aqueles que acompanham a jornada desta distribuição, a Slackware Linux conta com um time de desenvolvedores que, além de contribuírem para a manutenção dos pacotes oficiais da distro, em alguns casos também colaboram disponibilizando aplicações extras, alheias às distribuídas nos DVDs e CDs oficiais.

Entre esses desenvolvedores/colaboradores, um dos mais conhecidos por suas contribuições é o Eric Hameleers, vulgo AlienBob, que mantêm atualizados pacotes como os gerenciadores de janelas KDE e XFCE, pacote Multilib para a compatibilidade com aplicações 32 bits, além de ser o idealizador e mantenedor da Slackware Live Edition, versão live DVD da Slackware Linux, disponibilizada em imagens com diversos ambientes gráficos como MATE, XFCE ou KDE.

Através de seu blog, Alien Pastures, o Eric procura disponibilizar essas aplicações adicionais, bem como compartilhar notícias sobre a Slackware Linux, ou mesmo suas ideias e pensamentos sobre software livre ou assuntos em geral. Entre as aplicações disponibilizadas por ele, para a nossa amada distribuição, encontramos a suíte office LibreOffice.

Embora a Calligra Suite seja o conjunto de aplicativos para escritório distribuído oficialmente, junto à Slackware Linux, a popularidade da LibreOffice fez com que o Eric providenciasse a conversão dos pacotes oficiais para essa distribuição. Originalmente, os pacotes ofertados no site oficial da LibreOffice são apenas para distribuições Debian like, como a Ubuntu e suas variantes, ou Red Hat like, como a CentOS, além de instaladores para ambientes proprietários em Windows ou MacOS.

A aplicação já foi liberada em sua versão 6.1.4, porém o próprio site oficial da mesma não recomenda a sua utilização em ambientes de produção, por ser uma versão voltada para entusiastas de tecnologia, ou usuários avançados, que ajudam em seu desenvolvimento.

O Eric liberou recentemente os pacotes de instalação da versão 6.1.3, tecnicamente mais estáveis que a versão mais recente da aplicação. Para a mais recente versão estável da Slackware Linux (14.2), seguem os links para o download dos pacotes de instalação:

64 bits

LibreOffice 6.1.3 – Pacote principal

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de tradução para o português brasileiro

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de integração com o ambiente KDE

LibreOffice 6.1.3 – Dicionário português brasileiro

32 bits

LibreOffice 6.1.3 – Pacote principal

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de tradução para o português brasileiro

LibreOffice 6.1.3 – Pacote de integração com o ambiente KDE

LibreOffice 6.1.3 – Dicionário português brasileiro

Também foram disponibilizados pacotes de instalação para as versões 14.1 e -current da Slackware Linux, porém, como acredito que a maioria das pessoas que usam a distribuição, optam por utilizar a mais recente versão estável, disponibilizei os links diretos apenas para a versão 14.2.

Caso utilizem uma das outras duas versões disponíveis, os pacotes para elas podem ser encontrados neste repositório, de onde inclusive foram retirados os links para as versões 14.2 de 32 bits ou 64 bits, postados neste artigo.

Depois de baixados, para realizar a instalação dos pacotes, utilizem uma sessão do terminal, com privilégios de administrador e, a partir do diretório onde estes se encontram, executem o comando “installpkg” seguido do nome do pacote ou, caso estes sejam os únicos pacotes com extensão .txz no local, podem instalar a todos com um único comando: “installpkg .txz“.

Caso já possuam uma versão anterior da LibreOffice em sua Slackware Linux, utilizem então o comando “upgradepkg” seguido do nome do pacote, isso fará com que o pacote instalado anteriormente seja atualizado, removendo em seguida a versão antiga deste.

Outra opção, para aqueles que já dispõem do plugin slackpg+ instalado, e com o repositório do Eric habilitado, é utilizar a ferramenta slackpg para instalar ou atualizar a LibreOffice.

Para tanto, também em um terminal e com privilégios administrativos, utilizem os comandos “slackpkg update“, para atualizar a lista de pacotes junto aos repositórios, “slackpkg install libreoffice“, caso optem por instalar a LibreOffice, sendo necessária a seleção do que não desejam que seja instalado, desmarcando pacotes quando da visualização da lista dos disponíveis, evitando assim a instalação de dicionários e linguagens que não sejam referentes ao português brasileiro, ou ainda “slackpkg update libreoffice“, se desejarem atualizar os pacotes de uma versão previamente instalada.

Neste último caso, como os pacotes a serem instalados já foram selecionados durante a instalação anterior, durante esta atualização o slackpkg não mais mostrará a lista completa de pacotes vinculados à aplicação, atualizando apenas os que já estão instalados no sistema.

Por enquanto é só pessoal. Até a próxima!

 

Anúncios

Vulnerabilidade Ghost corrigida na multilib, para Slackware Linux

Slackware logo

Para aqueles usuários que, assim como eu, utilizam a versão de 64 bits da Slackware Linux, mas ainda assim executam aplicativos de 32 bits, como por exemplo o cliente Steam, da Valve, ou o Skype, ou o emulador WINE, entre outros, foi disponibilizada a correção para a vulnerabilidade, descoberta recentemente, na biblioteca glibc, e nomeada como Ghost, nos pacotes que compõem a multilib, gentilmente mantidos e disponibilizados por Erick Hamleers, mais conhecido como alienBOB, um dos mantenedores da distribuição Slackware.

Estes pacotes tiveram o patch de correção para a vulnerabilidade aplicados, eliminando assim a possibilidade de utilização desta falha por atacantes mais habilidosos, já que vimos anteriormente que especialistas na área de segurança afirmaram ser uma vulnerabilidade um pouco complexa de ser explorada.

Para aqueles que ainda não tem os pacotes instalados no sistema, ou que queiram atualizá-los, basta seguir alguns passos a seguir. Por exemplo, se utilizam o Slackware Linux 14.1, acessem o terminal como root e execute os seguintes comandos:

Para criar uma variável com a versão do Slackware

# SLACKVER=14.1

Para criar o diretório que receberá os arquivos

# mkdir multilib

Para acessar o diretório criado

# cd multilib

Para baixar os pacotes da internet para o diretório criado

# lftp -c “open http://taper.alienbase.nl/mirrors/people/alien/multilib/ ; mirror -c -e $ {SLACKVER}”

Para acessar os pacotes baixados no diretório

# cd $ {SLACKVER}

Para instalar a primeira parte dos pacotes

# upgradepkg –reinstall –install-new *.t?z

Para instalar a segunda parte dos pacotes

# upgradepkg –install-new slackware64-compat32/*-compat32/*.t?z

Pronto! Todos os pacotes da biblioteca atualizados, e ainda fornecendo proteção contra a vulnerabilidade recentemente encontradas nos mesmos.