Slackel 7.1 “Openbox” lançada! Dezembro, 2018.

slackel-64-7.1-2018

Foi disponibilizada mais uma versão da distribuição GNU/Linux Slackel, sendo esta a 7.1, que traz o ambiente gráfico Openbox por padrão. Esta distro é baseada em outras duas, sendo estas a Slackware Linux e a Salix, e disponibiliza versões diferentes, e com lançamentos independentes, que trazem outros dois ambientes gráficos: KDE e Fluxbox.

Esta versão Live é apresentada somente para sistemas de 64 bits, e inclui scripts que auxiliarão os usuários na sua instalação em pendrives, bem como várias atualizações em seus pacotes.

Entre estas atualizações encontramos os navegadores web Midori 0.5.11, Firefox 63.0.1, cliente de e-mail Thunderbird 60.4.0, comunicador instantâneo Pidgin 2.13.0, editor de imagens GIMP 2.10.8, pacote office LibreOffice 6.1.3, entre outras.

Os requisitos mínimos para a utilização da Slackel incluem processadores Pentium 2 ou equivalente, 512 MB de memória RAM, sendo 2 GB o recomendado, bem como pelo menos 10 GB de espaço livre em disco.

Para acessar o anúncio oficial, que contém uma descrição mais completa das atualizações disponibilizadas junto a esta versão, bem como acessar o link para download da distribuição, basta seguir este link.

Anúncios

Slackel 4.14.21 “KDE Live” lançada! Outubro, 2016.

slackel-01

Foi disponibilizada mais uma versão da distribuição GNU/Linux Slackel, sendo esta a 4.14.21, que trás o KDE como ambiente gráfico padrão. Esta distribuição é baseada em outras duas, sendo estas a Slackware Linux e a Salix, porém com foco na versão current da distribuição Slackware, além de disponibilizar versões com outros dois ambientes gráficos: OpenBox e Fluxbox.

Esta versão Live conta com imagens de 32 bits ou 64 bits, e inclui scripts que auxiliarão os usuários na sua instalação em pendrives, bem como várias atualizações em seus pacotes. Entre estas atualizações encontramos o kernel Linux 4.4.23, Thunderbird 45.4.0, Firefox 45.4.0esr, FileZilla 3.16.1, gFTP 2.0.19, Pidgin 2.11.0, GIMP 2.8.18, LibreOffice 5.2.2, Openjre-8u91-b14, rhino, icedtea-web, Gparted-0.26.0, entre outras.

Os requisitos mínimos para a utilização da Slackel incluem processadores Pentium 2 ou equivalente e 1 GB de memória RAM, sendo 2 GB o recomendado.

Para acessar o anúncio oficial basta seguir este link.

Slackware Linux em versão Live

slackwarelive_syslinux

Tela inicial da Slackware Linux Live edition

Este mês apresenta um marco histórico para a Slackware Linux. Graças ao esforço de Eric Hameleers, um dos integrantes do time oficial de desenvolvedores da distribuição, e mantenedor do blog Alien Pastures, foi disponibilizada a primeira versão beta da Slackware Linux Live Edition, que tem por objetivo oferecer uma forma de as pessoas testarem a distribuição, sem a necessidade de tê-la instalada no disco rígido.

Claro que antes contávamos com distribuições derivadas da distribuição Slackware, e que disponibilizam esse recurso de utilização através de Live CDs, DVDs ou mesmo pendrives, como por exemplo a Slax, Porteus, Salix Live, SlackEX, e talvez outras de que nem tenho conhecimento, porém esta é a primeira vez que dispomos de uma versão Live produzida por alguém da própria equipe que desenvolve Slackware Linux. E o que é melhor, já com a opção de português brasileiro entre as escolhas de linguagem, como pode ser visto pela tela inicial de seleção acima. 🙂

Estão disponíveis duas imagens ISO, uma contendo a árvore current completa em versão de 64 bits, e ocupando 2.6 Gb, outra mais enxuta com apenas 700 Mb, trazendo o XFCE como ambiente gráfico. Ambas versões são hibridas, o que significa que tanto podem ser queimadas em discos quanto podem ser instaladas em pen drives usando o comando dd por exemplo.

Baseado em como os usuários irão responder a este lançamento, uma nova versão beta deve ser liberada em um futuro próximo. Para experimentar a nova opção de carregamento da Slackware Linux, escolha a imagem ISO que mais lhe convier através deste link. Aproveite!