LPIC 2 – Mudanças para 2017 e exames beta

lpic-2

Olá pessoal, como estão? Ávidos por uma nova certificação? Ou por ajudar no desenvolvimento da nova LPIC 2? Pois a sua oportunidade chegou! É hora de novas mudanças serem aplicadas nos exames para a obtenção da certificação LPIC 2, e o cronograma já está em andamento!

Para tanto, as mudanças já começaram a ser inseridas na wiki do Linux Professsional Institute, detalhando o novo conteúdo exigido e o que muda da versão 4.0 para a 4.5 dos exames, que passarão a ser cobrados oficialmente a partir do ano que vem. Um resumo dessas mudanças pode ser visto abaixo, em uma tradução livre do constante na wiki:

  • A cobrança de tópicos como systemd, incluindo journaling e montagem de filesystems foi aumentada;
  • Incluídos IPv6 e TLS onde aplicáveis;
  • Adição de questões relativas a SSSD, DKMS, Btrfs, UEFI, NVMe, xz, iotop, htop, ss, iptraf e filtros Sieve.
  • Atualização para abrangência do kernel Linux em sua versão 4.x, Apache 2.4, Samba 4 e configuração de diretórios baseada em OpenLDAP;
  • Remoção da cobrança de conhecimento detalhado do gerenciador de boot Lilo;
  • Redução de cobrança de conhecimento sobre o collectd, courier e procmail para o nível de ciência.

Como de costume, haverá a aplicação de provas beta gratuitas para candidatos selecionados, onde aqueles que conseguirem a pontuação exigida para a aprovação nos exames, já com o novo conteúdo, poderão receber a certificação LPIC 2 sem custos.

É claro que para estar apto a esse recebimento, o candidato aprovado precisa ser detentor de uma certificação LPIC 1, ou LPIC 2, ainda válida, permitindo assim a obtenção de um novo nível ou a revalidação do atual. As provas beta serão aplicadas em vários países como Brasil, Canadá, Alemanha, Itália, Japão, Nigéria, Estados Unidos, entre outros.

Para se candidatar à seleção, basta preencher o formulário já disponível em inglês nesta página, informando o local onde pretende realizar as provas, caso seja selecionado. Há opção de escolha para a realização de apenas uma das provas, ou mesmo ambas, em diversas cidades brasileiras, portanto seja rápido e participe da seleção!

Devo ressaltar que os exames serão aplicados em um dos centros autorizados pela Linux Professional Institute, exclusivamente no formato papel e na língua inglesa, ou seja, para participar você deve estar confortável com a resolução de provas em inglês. Cada exame contará com sessenta questões e tempo de noventa minutos para a realização.

Ao final você também deverá responder a um questionário, fornecendo feedback para os desenvolvedores da certificação e contribuindo para o crescimento da mesma. A data provável para a realização dos exames, pelos candidatos selecionados aqui no Distrito Federal, é dia cinco de novembro de 2016.

Para ver o anúncio oficial, acesse esta página.

Anúncios

Slackware Linux – Notícias sobre o desenvolvimento. Janeiro, 2016.

Slackware logo

Olá pessoal! Mais atualizações de pacotes foram adicionadas nos últimos dias, e entre as mais marcantes temos a que inclui um novo kernel Linux, agora em versão 4.4.0 LTS, além da mudança para o BlueZ 5, que demandou várias modificações na estrutura da distribuição, já que este não suporta o Alsa, mas sim o PulseAudio por padrão, o que fez com que este também fosse incluído à Slackware Linux.

Além destas, podemos citar outras atualizações como a do navegador Firefox, para a versão 43.0.4, Thunderbird para a versão 38.5.1, Audacious 3.7.1, entre outras. O anúncio oficial, disponibilizado no changelog da distribuição, também oficializa este como sendo o conjunto oficial de pacotes da Slackware Linux 14.2 versão beta 1.

Embora não seja oficial, é possível baixar a imagem ISO construída por um dos membros da equipe de desenvolvimento, Eric Hameleers, que gera estas imagens a cada nova modificação na estrutura da árvore current da distribuição. Para acessá-la, basta clicar aqui. A imagem da ISO atual tem o tamanho de 2.6 Gb, devendo ser gravada em um DVD.

O Eric também confirma em seu blog que o systemd não será incluso na distribuição Slackware, terminando com as dúvidas sobre a possibilidade de inclusão do mesmo na distro.

Slackware Linux 14.1 atinge versão beta! Setembro, 2013.

Slackware logo

Como noticiado em uma atualização do dia 18 deste mês, disponível no changelog da distribuição, a Slackware Linux atingiu o estágio beta de desenvolvimento para o que será a sua próxima versão estável, provavelmente numerada de 14.1.

Como é dito no comentário feito pelo mantenedor da distribuição, o estágio atual tem mais qualidade do que teria um beta, e que provavelmente ainda haverá mais modificações até o lançamento da versão 14.1 final. Além disso, ainda serão necessárias as devidas atualizações na documentação que acompanha a distribuição, depois que esta for marcada como estável e pronta para lançamento.

Uma das mudanças mais recentes, foi a atualização do kernel Linux para a versão 3.10.12. Também disponibiliza as versões recentes do navegador web Firefox e do gerenciador de e-mails Thunderbird, ambos em versão 24.0, além de outras atualizações de segurança que afetavam aplicativos e bibliotecas do sistema. Devido a inconsistências do gerenciador de boot para sistemas com tecnologia EFI, na escrita de variáveis, também houve a necessidade de que o pacote fosse revertido para uma versão anterior.

Para acompanhar mais de perto, e saber mais detalhes quanto as modificações implementadas até o momento, acesse o changelog da distribuição em sua página oficial.