IPFire 2.17 Core 87 lançada! Março, 2015.

ipfire

Michael Tremer anunciou, no final de fevereiro deste ano, mais uma atualização de versão da distribuição IPFire. Desenhada para a atuação como um firewall, esta nova versão traz várias atualizações e correções. Entre estas, podem ser destacadas a atualização do kernel Linux, agora disponibilizando em sua versão 3.14, além de trazer o gerenciador de inicialização GRUB 2.

A nova versão do kernel amplia ainda mais o suporte a hardware, já que vários drivers foram portados para ela, o que contribui para uma maior estabilidade do sistema. O instalador desta distribuição também foi melhorado, permitindo uma experiência mais agradável ao usuário.

Para acessar a lista com as melhorias implementadas, basta seguir o link a seguir, que o redirecionará para a página com o anúncio oficial de lançamento.

Anúncios

pfSense 2.2 lançada! Janeiro, 2015.

Pfsense

Chris Buechler anunciou a disponibilidade imediata da pfSense, em sua versão 2.2. Esta é uma distribuição especializada, desenhada especialmente para a construção de firewalls nos mais diversos ambientes, tanto comerciais quanto domésticos. Esta nova versão trouxe várias melhorias de performance e suporte a hardware, através de sua base retirada do FreeBSD 10.1, além de novas funcionalidades e correções de falhas de segurança.

Durante o processo que levou ao lançamento desta versão, um total de 392 tickets foram atendidos, entre os quais encontramos 55 sobre funcionalidades, 135 correções para falhas relativas à versão 2.1.5 e anteriores, outras 202 correções para falhas devido a mudança da base da distribuição, que antes era baseada no FreeBSD 8.3 e agora em sua versão 10.1, entre outras mudanças.

Para uma lista mais completa de modificações, acessem o anúncio oficial na página do blog do projeto.

IPFire 2.15 Core 86 disponível! Janeiro, 2015.

ipfire

Michael Tremer anunciou o lançamento da distribuição IPFire 2.15 Core 86, uma distribuição GNU/Linux especializada, voltada para a criação de firewalls. Esta versão disponibiliza a correção de segurança para diversos pacotes, sendo oito dessas vulnerabilidades consideradas “moderadas”, portanto é recomendável que a distribuição instalada atualmente seja atualizada tão logo possível, além de que seja realizada a reinicialização do equipamento para garantir que os pacotes atualizados entrem em operação.

Entre os pacotes atualizados encontramos a biblioteca openssl, agora na versão 1.0.1k, o OpenVPN foi atualizado para a versão 2.3.6, que corrige a falha que permitia que usuários remotos autenticados pudessem causar uma negação de serviço no sistema, e o strongSwan foi atualizado para a versão 5.2.1.

Para maiores detalhes quanto a este lançamento, acessem o anúncio oficial, disponível na página do projeto.