Lançado o KDE 4.1 beta 1

A comunidade KDE anunciou a liberação da versão beta 1 do KDE 4.1. Esse release marca o início do processo de integração que irá trazer as poderosas novas tecnologias incluídas nas então congeladas bibliotecas do KDE 4 para as aplicações.

Depois de quase dois meses do lançamento do primeiro Alpha do KDE 4, o projeto entrou no estágio de congelamento total da biblioteca de interface. De agora em diante, as aplicações irão focar na integração da nova tecnologia refinada nos últimos meses, e os desenvolvedores da biblioteca irão tentar corrigir todas as falhas encontradas durante esse processo. Não serão adicionadas novas aplicações aos módulos oficiais do KDE e o trabalho em usabilidade e acessibilidade é um processo em andamento. Nas próximas semanas os desenvolvedores do KDE estarão aptos a adicionar funções às suas aplicações até que o próximo beta seja liberado e então essas adições também serão congeladas.

Anúncios

Lançado o Big Linux 4.0

É com enorme prazer que divulgo o lançamento da distribuição Big Linux 4.0, uma das distribuições GNU/Linux brasileiras mais promissoras atualmente. Seu desenvolvimento tem sido aprimorado nos últimos dois anos, inclusive com a participação do Bruno Gonçalves nas edições do FLISOL – DF apresentando as mudanças que haviam sido realizadas até àquele momento, e colhendo a opinião dos(as) usuários(as) da distribuição pessoalmente.

Em um live-cd de apenas 698 MB, esta distribuição vem repleta de programas para o desktop e suporte nativo ao desktop 3D. As versões 3.0 e 4.0 são compatíveis com os repositórios Ubuntu, porém com muitas partes criadas diretamente para o Big Linux e aproveitando partes ainda do Kurumin e várias outras do Kanotix. Para ver a imagem acima em um tamanho maior basta clicar na mesma. Para ver outros screenshots oficiais, acesse este link.

Para baixá-lo, acesse o site oficial ou clique em um dos links abaixo:

BigLinux

Unicamp

Configuração mínima para uso do sistema:
Processador Intel ou compatível de 300 MHZ, 196 MB de memória RAM e para efetuar instalação no HD 3 GB de espaço em disco.
Configuração recomendada para uso do sistema:
Processador Intel ou compatível de 1 GHZ, 512 MB de memória RAM e para ativar efeitos 3D placa gráfica com aceleração 3D com driver compatível com AIGLX, em geral placas de vídeo Intel, nVIDIA ou ATI.

O fim do duopólio da Intel e AMD está próximo? Via prepara chip Isaiah

O fim do duopólio da Intel-AMD está próximo? A Via Technologies espera que talvez seja o caso quando anunciar o processador “Isaiah” no final deste mês.

O primeiro chip de alta performance da empresa terá como alvo o mercado de PC’s comuns. Os processadores Via tem histórico de aparecimento em aparelhos móveis ultrapequenos, sistemas embutidos ou computadores thin-client.

“Ele nos põe no mercado de computadores comuns pela primeira vez” disse Richard Brown, vice-presidente, marketing corporativo na Via.

Uma das principais diferenças entre o Isaiah e o Atom é que o chip da Intel usa um design de execução mais simples que o Superscalar da Via.

Por causa de seu design mais sofisticado, o Isaiah talvez forneça maior performance que o Atom. Acho que testes de benchmarking independentes trarão o veredito final. Mas mais específicamente, o Isaiah talvez venha a competir mais com as linhas de baixo custo dos Core 2 e Celeron da Intel em alguns casos que com o Atom ( desde que o Isaiah terá como alvo inicial notebooks e desktops comuns ).

A subsidiária da Via, Centaur Technology, desenhou o processador. ” A Centaur tem trabalhado nele nos últimos três anos. Sua performance está entre três e quatro vezes a de um C7 ( o processador atual da Via ). Portanto, está muito, muito próximo do Core 2 ( da Intel ). Core 2 de núcleo único “, disse Brown.

Fonte: News.com.